ONGs: 5 estratégias para garantir doações recorrentes

ONGs: 5 estratégias para garantir doações recorrentes | Foto por Freepik.

Um dos desafios das ONGs é gerar um volume de doações recorrente para seus projetos. Mais do que uma campanha específica, focar em apoios mensais pode ser o impulso para o trabalho da ONG deslanchar.

Muitas vezes, é até fácil conseguir um volume de doações para uma causa específica em um crowdfunding, mas, o desafio é que essas mesmas pessoas se lembrem e voltem a doar no mês seguinte.

Ao mesmo tempo, ter mais previsibilidade de receita é muito importante para o planejamento de ações das ONGs. Não dá para depender somente das doações pontuais e imprevisíveis. É preciso contar com doações já confirmadas mensalmente.

E esse não precisa ser um processo de formiguinha: existem estratégias para tornar tudo mais prático e não depender das pessoas se engajarem todo mês. Entenda a seguir!

Receba doações online

Receber doações por plataformas de pagamento online é uma forma de facilitar para o apoiador usar o cartão de crédito, o que torna o processo mais acessível.

Isso porque não é preciso pagar na hora, só quando a fatura do cartão chegar. Dessa forma, você aumenta as chances de receber mais e sempre.

Automatize suas doações recorrentes

Mas, melhor que a opção anterior, é poder contar com a automação dos apoios.

No momento de captar doadores, muitas ONGs não contam com plataformas automatizadas de cobrança, o que pode representar a perda de apoios recorrentes.

Em plataformas de pagamentos como a Vindi, sua ONG pode se beneficiar da cobrança recorrente para clientes que desejam doar mensalmente.

Basta cadastrar os dados do cliente na plataforma, a frequência de recebimento e escolher a forma de pagamento, que pode ser cartão, boleto e link de pagamento.

Todo mês, como em um plano de assinaturas de revistas, o valor será cobrado automaticamente do cliente, sem que ele tenha que se lembrar de pagar, e a ONG receberá em sua conta todas as doações.

Entenda mais sobre a Vindi falando com os consultores comerciais! É só clicar e se cadastrar:

Ofereça recompensas simbólicas para doações recorrentes

Você pode estipular recompensas progressivas para seu público de apoiadores, de acordo com pacotes de doações.

Funciona da seguinte maneira: doando por um período de tempo, como, por exemplo, 3 meses, o apoiador pode receber algum tipo de retribuição, como uma revista informativa sobre o trabalho da ONG.

Se as doações aumentarem para 6 meses, ele pode receber outra coisa, como uma camiseta da ONG ou um item de escritório, como bloquinhos ou canetas. E, assim, sucessivamente.

Cada recompensa estará associada a um tempo de doação, o que incentiva o apoio prolongado e recorrente.

Busque empresas como doadoras recorrentes

As empresas que se engajam com causas sociais costumam oferecer apoios recorrentes para as ONGs que escolhem.

Busque o responsável pelas ações sociais dentro das empresas que tenham bandeiras parecidas com as da sua ONG e apresente o trabalho realizado.

Pode ser uma oportunidade de ganhar visibilidade e conseguir o apoio de peso das empresas.

Participe do Programa de Notas Fiscais

As ONGs das áreas de assistência social, saúde, proteção animal e educação, situadas no estado de São Paulo, podem se cadastrar no Programa de Nota Fiscal Paulista para receber, de qualquer pessoa, créditos das notas fiscais de compras.

O Paraná é outro estado que também tem o programa de Notas Fiscais para ONGs.

A partir da data da compra, os cupons fiscais têm validade de 30 dias para o registro no portal. O bom é que as pessoas sempre têm notinhas de supermercado ou lojas para doar. E é um apoio simples e fácil, que pode aumentar a receita recorrente das ONGs.

Para que a ONG passe a participar do programa, deve se cadastrar em sua respectiva secretarias de atuação:

Elas deverão possuir o Certificado de Regularidade Cadastral de Entidade – CRCE liberado, conforme previsto nas Resoluções Conjuntas SF/SEDS 01/2013 e SF/SS 01/2010.

Essas são algumas formas de apoio recorrente para sua ONG!

Se você se interessou pela Vindi, visite o site e descubra mais sobre o universo de pagamentos recorrentes para a sua ONG!


Redação por:
Daniela Leite, redatora da Vindi.