Hub de pagamento: porquê é importante para sua empresa

Foto por Racool_studio no Freepik.

Nos dias de hoje, o que todo mundo procura é praticidade para fazer qualquer coisa. Por isso, as compras online só aumentam, pela facilidade de receber tudo no conforto do lar e as preocupações serem mínimas. Para acompanhar essa transformação, sua empresa precisa oferecer diversas formas de pagamento e integrações para vender online e contar com um hub de pagamento é essencial pra isso.

Explicando o hub de pagamento

Para realizar as vendas online e gerenciar os recebíveis é preciso de um sistema que centralize todas as necessidades que existem no processo da cobrança. Sejam integrações com adquirentes, subadquirentes, antifraudes, bancos, plataformas de e-commerce e tudo mais.

Um hub de pagamento é um sistema em cloud, ou seja, na nuvem, onde é possível controlar tudo de uma única plataforma integrada com diversas soluções.

Veja o exemplo da plataforma da Vindi:

Imagem: Vindi

Conhecendo as principais vantagens

Bom, você entendeu o que é um hub de pagamento, mas quais as vantagens que sua empresa tem ao contratar um?

 

Gestão financeira completa

Quanto tempo você perde ao ter que fazer uma gestão financeira que está distribuída em diversos sistemas? Bancos, ERPs, adquirentes, sistemas de prefeituras para realizar a emissão de notas fiscais e todas. Provavelmente, muito tempo e a probabilidade de acontecer algum erro é muito maior.

Contratar um hub que realiza todas essas integrações e disponibiliza em um único sistema faz com que sua gestão seja mais eficiente, completa e segura.

Você consegue controlar os clientes que estão inadimplentes, realizar a emissão de boletos e aplicar multas de forma automática, oferecer diversas formas de pagamento, realizar estorno e tudo mais em um só lugar.

 

Tudo de forma automática

Como você leu acima, com um hub de pagamento é possível realizar as cobranças de forma automatizada, o que é uma grande facilidade, principalmente, para quem vende de forma recorrente. Ou seja, clubes de assinatura, serviços de streaming, empresas de telefonia, entre outros.

Mas, se você tem um e-commerce ou vende de forma pontual, é importante automatizar todo o processo também, economiza tempo e diminui erros que podem acontecer.

 

Flexibilidade para vender

Ao usar um hub de pagamento você consegue uma flexibilidade para aceitar diversas bandeiras, integrar com diversas adquirentes e oferecer vários métodos de pagamento para seus clientes.

Ou seja, essa flexibilidade permite que você venda mais, por oferecer mais opções e facilitar a venda. Além de poder escolher qual bandeira você vai oferecer por adquirente, afinal, sabemos que as taxas mudam de empresa para empresa e através de uma plataforma completa é possível realizar esse estudo de taxas e otimizar as vendas.

Agora você já conhece o que é um hub de pagamentos e porquê ele é importante para sua empresa. Otimize sua cobrança e aumente suas vendas.

Leia também: “O que é e como funciona uma API de pagamento?”


Redação por:
Mariana Cremonesi, redatora na Vindi.

Qual a melhor plataforma para montar meu e-commerce?

Foto por snowing no Freepik

Se você quer expandir seu negócio para o e-commerce, saiba que existem muitas plataformas no mercado para atender às necessidades da sua empresa.

As tendências para o mercado e-commerce são muito animadoras. Em 2019, por exemplo, estima-se que mais de 14% de todas as vendas ao redor do mundo foram finalizadas virtualmente.

Nesse post, falaremos sobre duas plataformas consolidadas neste segmento: o Magento e a Woocommerce.

Magento

Muito conhecida pelos desenvolvedores desse mercado, o Magento atende a todos os portes de empresa.

Não importa se você é pequeno, médio ou grande: o software é desenvolvido na linguagem PHP e é considerado em sistema Open Source.

Além disso, o Magento também permite a integração completa com vários sistemas. A plataforma da VINDI, que gerencia transações e tem o maior gateway de pagamento independente do país é uma delas.

Da mesma forma, integrações com ERP’s, WMS, CRM, ferramentas de e-mail marketing e muitos outros recursos exclusivos estão disponíveis pela Magento com alta performance de gestão.

Em contrapartida, é necessário ter um bom provedor de hospedagem para garantir que o software funcione em sua capacidade máxima. Também é necessário ter conhecimentos avançados em programação para conseguir customizar o ambiente digital, que é robusto, completo e customizável.

Vale destacar também que o Magento foi construído em módulos independentes. Essa configuração permite que desenvolvedores criem novas funcionalidades de acordo com as necessidades do mercado e da própria empresa que prestam serviço.

A Magento já contabiliza mais de 250 mil lojistas usando a plataforma. Entre os clientes mais conhecidos, podemos citar a Coca-Cola, Nike, Samsung e Ford.

Woocommerce

Diferente da Magento, O Woocommerce é uma solução de comércio eletrônico flexível e de código aberto criada com WordPress.

Na prática, é um plug-in gratuito que o WordPress disponibiliza aos assinantes da plataforma, o que significa que seja um bom ponto de partida para você que quer começar um negócio online agora.

Com o Woocommerce você pode criar páginas de produto, carrinho e finalização de compra, integrar pagamentos seguros por cartão de crédito e outros métodos usando plataformas seguras como a da VINDI.

Além disso, ainda pode incluir opções de envio, taxas fixas, impressão de etiquetas, cálculos automatizados e automatizar integrações com Google Analytics, MailChimp e Facebook.

Como pontos contra, é necessário falar que a base de dados pode ser insuficiente para conseguir estudar seu público-alvo, já que a ferramenta do WordPress não nasceu com foco para e-commerce. Ainda assim, o Woocommerce já possui mais de 5 milhões de ativações.

Meus clientes poderão comprar pelo celular?

Se você tem ou quer ter um e-commerce, essa informação precisa ser um ponto de destaque na construção do negócio.

Segundo a National Retail Federation, 63% dos consumidores indicaram que os avanços da tecnologia de varejo para dispositivos móveis melhoraram suas experiências de compra online.

Tanto o Magento quanto Woocommerce funcionam muito bem no mobile, então pode se tranquilizar.

Agora que você já conhece um pouco mais dessas plataforma, está esperando o quê para tirar sua empresa do papel? O ano de 2020 promete ser o melhor dos últimos tempos para entrar na onda do e-commerce e deixar seu negócio ainda mais omnichannel.

Escolha a opção que mais se adequa às suas necessidades e lembre-se de falar com a VINDI para te ajudar a vender mais e sempre com nossas soluções em pagamentos.


Redação:
Andressa Rosa, redatora e roteirista na Vindi.